Dicas & Novidades

A importância dos cuidados com o filtro de cabine.

O filtro de cabine (filtro do ar condicionado) é responsável por filtrar o ar que circula no sistema de ventilação evitando que gases tóxicos, fuligens, pólen, sujeira e outros poluentes circulem dentro do carro, diminuindo os riscos de contrair doenças respiratórias como, por exemplo, asma, rinite, faringite e bronquite.Nos dias de calor intenso o ar geladinho e agradável do ar condicionado do carro é muito bom, mas esse sistema precisa ser cuidado da maneira correta, para não se tornar um grande problemas. A falta de revisões e limpeza periódica pode acarretar o acumulo de bactérias, fungos e poeira, que são prejudiciais para a saúde. Médicos que cuidam de alergias alertam que as bactérias, fungos e a poeira que são acumulados no ar condicionado, podem fazer com que algumas pessoas sofram contaminação e até mesmo uma infecção respiratória.   A grande maioria das pessoas faz a limpeza do ar condicionado apenas nos meses mais quentes, quando seu uso é mais freqüente, mas as pessoas que sofrem com rinites e alergias podem sentir os efeitos ainda mais nos meses mais secos do ano,mesmo sem ligar o aparelho. Para que problemas e danos na saúde não aconteçam, é importante fazer a higienização desse sistema e também a troca do filtro.Diferentemente da maioria dos componentes dos veículos, o filtro de cabine não tem prazo de validade. Vai depender de como o motorista usa o carro. É aconselhável, porém, que seja feita a verificação pelo menos a cada 20 mil quilômetros. O técnico poderá avaliar a necessidade ou não de substituição. Se você começar a notar odores dentro do carro, isso pode ser um sinal de filtro velho ou entupido. Outro indicativo é em relação à velocidade do ar, em caso de entupimento, o fluxo de ar irá diminuir.  http://www.youtube.com/watch?v=SJWBfRl5N0w     ...

Continue lendo


Manutenção preventiva do sistema de arrefecimento (refrigeração)

Cuidado com a água que você utiliza para limpar o radiador do carro. O líquido extraído do poço ou salinizado pode oxidar o motor, danificar gaxetas, retentores e bomba d’água. O chefe de oficina da Italiana, concessionária Fiat, Fábio Rogério do Nascimento, diz que o ideal é usar água potável no radiador. Importante também é utilizar o aditivo. O recomendado é a base de etilenoglicol – um líquido que suporta altas e baixas temperaturas sem ferver ou congelar. “A proporção da mistura pode ser de um litro de água para um litro de aditivo”, diz Rogério. O aditivo aumenta o ponto de ebulição e melhora a refrigeração. “O prazo de troca do aditivo deve obedecer as recomendações de cada fabricante, descrita no manual do proprietário”, lembra o técnico. O sistema de arrefecimento – composto por radiador, bomba d’água, mangueiras, reservatório de expansão e válvulas – também requer a periodicidade de manutenção.         De acordo com Fábio Rogério, a verificação é indicada nas revisões. Os resíduos acumulados no sistema podem levar ao superaquecimento do motor, causar desgaste anormal de componentes, aumentar o consumo de combustível e danificar o sistema elétrico de arrefecimento. A limpeza doméstica não é a mais recomendada, fala o chefe de oficina da Italiana. “Ela não consegue atingir as partes internas do motor expulsando a água suja e as impurezas acumuladas”, justifica ele. O melhor meio é levar o carro para uma oficina que disponha do equipamento adequado para a limpeza do radiador. “A máquina tem mangueiras que são acopladas na entrada e saída d’água. Ela bombeia a água limpa, arrastando as impurezas. O trabalho termina quando o líquido eliminado do sistema de arrefecimento estiver sem resíduo”, ressalta Fábio Rogério. Há casos em que a só limpeza não resolve. Quando a oxidação compromete o funcionamento da peça, o correto é fazer substituição por outra. DICAS IMPORTANTES: Apesar da recomendação para que a limpeza seja feita na oficina, o dono de automóvel deve ficar atento à manutenção do sistema de arrefecimento. O proprietário deve verificar o nível do líquido do radiador semanalmente. Se estiver baixo, complete com água limpa. Caso você perceba que o volume diminui com maior freqüência, é sinal de que existe defeito. O indicador de temperatura também deve ser observado. Se o ponteiro passar da faixa vermelha, pare o carro e espere ele esfriar. Nunca coloque água no radiador quente. O choque térmico procova danos ao motor, além do mais, ao misturar o líquido frio com o quente , a pressão vai jogá-lo para fora, podendo provocar um acidente.   ...

Continue lendo


Dicas para cuidar do seu carro

Veja algumas dicas que o Centro Automotivo RMS preparou para você cuidar do seu carro e ficar sempre tranquilo: - Nunca se esqueça do limpador de pára-brisa, ele deve estar com a lâmina e as borrachas em bom estado, uma chuva forte pode necessitar bastante desse item e com certeza ele pode fazer falta a você se não estiver em bom estado. - As velas e cabos de ignição devem ser revisados, pois qualquer tipo de falha que possa ocorrer neste sistema pode certamente comprometer vários outros sistemas do veículo e assim podem ocorrer problemas como consumo excessivo ou o não funcionamento do veículo. - Se a bateria do seu veículo descarregar chame um especialista! Defeitos no regulador de tensão ou alternador, escovas e rolamentos gastos, correia frouxa ou fuga de corrente são alguns dos fatores que podem levar a descarga da bateria. - É sempre importante verificar o estado do filtro do ar condicionado (filtro de cabine). Caso esteja muito sujo, pode prejudicar a saúde dos ocupantes do veículo. - Verifique os níveis e validade de fluídos como óleo do motor, fluídos de freio, líquido de refrigeração do motor, além de calibragem dos pneus e seu estado de conservação. Sãos pontos importantes para checar e evitar um acidente. - O ideal, antes de pegar a estrada, é levar o carro a uma oficina de sua confiança, assim o especialista poderá verificar todos os itens imprescindíveis para o correto funcionamento do carro. - Verifique o sistema elétrico, pois as luzes de posição (faróis, lanternas, setas e piscas) são indispensáveis. - O bom funcionamento das luzes é fundamental em um veículo e pode evitar situações de perigo. E não só os faróis, bem como lanternas, piscas, luzes de freio e de ré, iluminação interna, luzes do painel, e claro, a principal fonte de energia: "a bateria", são todos itens vitais e devem ser constantemente checados para que não haja surpresas. ...

Continue lendo



Precisando de serviços?
Agende agora mesmo um horário!
Fique tranquilo, isso não vai lhe gerar nenhum compromisso e seus dados estarão seguros!